skip to Main Content
duende@divagacoes.org

O Eremita

 

Saudações aos Sobreviventes !

O Grão-Mestre Nível 33 da Loja Maçônica “Aurora Hare Krishna” estava me contando que a última vez que a justiça foi usada, foi pior que o Titanic (ou a razão pela qual ele afundou, é difícil dizer).

Mas aos que chegaram ao outro lado da costa nada tema, exceto a Polícia de Imigrição caso você seja mexicano.

Chega de conversa mole, e hoje o assunto é duro: A partir de hoje tratarei de alguns assuntos dos planos efêmeros.

Certamente é dificl de falar de algo que não possui limite, mas a limitação é necessária para o nosso entendimento, proponho-lhes entao um modelo cosmológico:

Mal desenhado

Pois bem, o modelo acima não deve ser tomado ao pé da letra. Alias nada deve ser tomado ao pé da letra, exceto este último comentário.

 O que pode ser observado é que aparecem 3 numeros em vermelho: correspondendo a 3 planos distintos de existência – embora no meu esquema seja possível vê-los com clareza, isso só se da devido a minha tentativa de explicá-los. O tecido é o mesmo. Lembrem-se sempre disso.

No centro do diagrama, exponho o plano número 1:

Considere cada bolinha uma dimensão a parte. Nós mesmos somos uma bolinha. O sistema pode estar alinhando em uma forma 3D da qual vemos apenas a parte 2D. junte 2 cones por suas bases e entenderá o modelo proposto.


A separação entre as linhas se dá por meio de vibração. Em cima ou em baixo, para lado direito ou esquerdo são convenções nossas cujo sentido será ignorado.

A uma conexão entre elas – embora teorize-se seja possível que todas se conectam com todas as outras, minhas capacidades nao permitem tal desenho. E também não é uma questão que neste momento seja importante.

O Plano 1, pode ser conhecido como astral – embora como podem ver não penso que seja um plano aparte, mas sim os corredores e locais onde se encontram as diversas dimensões (que teoricamente também poderiam ser consideradas um plano em si).

Existe a conexão entre o plano 1 e o plano 2. De fato toda dimensão tem sua conexão ao plano 2, que por falta de um termo melhor, chamarei de Plano Divino. Aqui está o principal fato que demonstra que não há separação entre os planos conforme eu afirmei anteriomente.

Por fim, aparece o 3 plano de existência, compreende na verdade todos os anteriores e a si mesmo, esse plano não tem nome. ele apenas é.

O convite de hoje é filosófico: Você ja parou para pensar na sua própria estrutura cosmológica? Quão importante você considera definir – mesmo que por um instante – o universo em que vive? Falamos sempre sobre magia e energia: Mas você entende como ela funciona? (ainda que somente para você?).

Agora que você ja foi capaz de encarar-se meu amigo, feche os olhos. pois o conhecimento vem de dentro.

 

Deixe uma resposta

Back To Top