skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Morte

Saudações Cthulhianas! =D


Estou muito bem humorado hoje e portanto acredito que seja – coincidentemente ou não – o momento ideal para tratarmos desse momento tão especial de nossas vidas: A morte.

Talvez o cliché mais utilizado no meio místico é do nosso querido Imhotep: “Death is only the beginning”, superado somente por: “Luke, I’m your father” – Mas Darth Vader ficará para um post futuro – não se aflijam !


Novamente, o convite que faço é filosófico: Como você imagina, acredita – ou sabe – que seja o outro lado?


Eu acredito – ao contrário de muitas pessoas que conheço – que essa é uma questão que deveria ser melhor refletida pelas pessoas: Afinal morte não qualifica uma existência separada, mas sim contínua. 

Aos que estudam Tarot, sabem que este é o Arcano da transformação e a questão que se coloca aqui, é num sentido mais amplo – ou abstrato –  no que nos transformamos?

Convido então vocês leitores a refletirem por alguns momentos que sejam, sobre esse tema e de que forma ele esta ligado – ou desligado? – da prática magia e etc. 

Assim, hoje, excepcionalmente, dirigirei a sua atenção para algumas perguntas mais específicas, que fazem parte – ou deveriam fazer – da visão cosmológica que começamos a abordar em um post passado:


a) Como você veio a existir?

b) De que forma você esta ligado a sua criação?

c) Para onde você vai?

d) E se você tivesse a possibilidade ir para outro lugar, ou fazer outra coisa?

f) Para onde você iria ou o que gostaria fazer?

 

Por fim eu deixo-lhes uma das respostas que encontrei pra mim:

  

lifeflower Pintura Sobre Quadro.

 

 

 Parti desta para uma melhor!

Deixe uma resposta

Back To Top