Mantendo um journal

O exercício de transformar em palavras reflexões sobre eventos que passou durante o dia a dia é uma maneira inestimável de mensurar sua performance, definir padrões elevados de excelência e encontrar novas formas que resolver problemas difíceis.

O que um journal pode fazer?

Muitas pessoas têm certa resistência a manter um journal porque eles pensam que não são escritores bons o suficiente, que alguém vai ler seus pensamentos mais profundos ou ainda que eles têm coisas mais importantes pra fazer.
Mas a menos que seja capaz de avaliar seus sentimentos e habilidades, e aceitar autocrítica, você provavelmente não vai se preocupar em diminuir suas fraquezas ou aumentar suas forças.
Invés de pensar que esse journal é o mesmo que um diário (um livro que você meramente relata seus eventos do dia), pense que é um local para autorreflexão, auto expressão e auto exploração NT (utilizo a palavra journal justamente por conta dessa diferenciação). Recontar os eventos do dia é menos relevante do que o ato de expressar seus pensamentos.
Apenas pensar sobre suas emoções já vai permitir que dê forma a elas.

Benefícios de manter um journal.

Continue lendo “Mantendo um journal”

Deus Existe?

Saulo Zion começou a produzir uma nova série de videos do youtube(confiram que o cara é muito bom link no final do post). Nesse ele coloca a o buraco da minhoca na cabeça do povo analisando o big bang, Deus(como visto da forma monoteista da ICAR e derivados) e tudo mais. Deixando mais perguntas do que a resposta em si.


Continue lendo “Deus Existe?”

Ritual de Apoio – Change Brasil

Esse ritual possui a intenção de fornecer ajuda mística aos manifestantes nos diversos lugares do Brasil, por ocasião dos protestos da Copa. Ele não é restrito, e qualquer um pode utilizá-lo. Está simples para que cada um adapte da forma como deseja, o importante é fazer alguma coisa. Repasse a seus conhecidos para ajudarem também : http://www.divagacoes.org/ritual-de-apoio/

Esse ritual possui a intenção de fornecer ajuda mística aos manifestantes nos diversos lugares do Brasil, por ocasião dos protestos da Copa. Ele não é restrito, e qualquer um pode utilizá-lo. Está simples para que cada um adapte da forma como deseja, o importante é fazer alguma coisa. Repasse a seus conhecidos para ajudarem também : http://www.divagacoes.org/ritual-de-apoio/

Passo 0 – Preparação.

Você deve se certificar de que não será interrompido durante a execução da rotina. Escolha um local calmo e tranquilo, aonde você poderá fazer uma introspecção sem problemas. Se possível, escolha um ambiente com pouca iluminação e o mais silencioso possível. Você pode executar um Ritual de Banimento a sua escolha, caso ache necessário.
De acordo com o seu paradigma, você pode preparar coisas adicionais que serão utilizadas no passo 2 do ritual. Alguns exemplos do que você pode fazer de forma adicional:
a) Preparar Sigilos Mágicos intentando apoio aos manifestantes. Intentos úteis são aqueles que visam “proteger a integridade física e mental dos participantes”, “garantir que a informação do protesto se espalhe e atinja mais gente”, “minar as forças governamentais que querem reprimir o protesto”, etc. Seja criativo.
b) Preparar hinos e rituais de invocações de determinados aspectos e entidades para o auxílio dos participantes.
c) Velas, incensos, Etc. Seja criativo.

Passo 1 – Relaxamento

  1. Assuma uma posição confortável. Caso escolha fazer sentado mantenha as mãos sobre as coxas, e os pés afastados um do outro. Seja qual for a posição, sua coluna sempre deverá se manter ereta, a língua encostada no céu da boca.
  2. Feche os olhos, e assuma um ritmo de respiração profunda e lenta.
  3. Comece a prestar atenção nos pés por alguns segundos. Mentalmente, relaxe-os.
  4. Suba a sua atenção para as pernas por alguns segundos. Relaxe.
  5. Concentre-se nos joelhos, fazendo concentração para relaxar. Faça o mesmo sem seguida com as coxas e com os quadris.
  6. Relaxe o Abdômen, o diafragma, as costelas. Faça o mesmo com o peito, e depois guie a concentração relaxando os ombros, os antebraços, os braços, indo para as mãos, até a ponta dos dedos.
  7. Sinta o pescoço, a parte interna da garganta, a glote. Relaxe.
  8. Relaxe o queixo, as bochechas, as orelhas. Suba a concentração para a testa e depois para couro cabeludo.
  9. Permaneça nesse estado por mais alguns segundos. Ordene, mentalmente, que o corpo relaxe como um todo, sem se esquecer de respirar.

Passo 2 – Meditação e Visualização

  1. Por alguns instantes, tente sentir a si mesmo, e o fluxo de energia que corre pelo seu ser.
  2. Quando sentir que já conseguiu identificar com sucesso o seu próprio fluxo de energia comece a visualizar todos os grupos de manifestantes como se fosse algo palpável. Tente visualizá-los ao mesmo tempo em que você sinta a energia desses grupos. É muito importante visualizar e sentir.
  3. Uma vez que tenha conseguido visualizar tanto a si mesmo quanto aos manifestantes, comece a mandar pensamentos e vibrações que você considere importantes para ajuda-los. Proteção, Coragem, Temperança, Sabedoria e Sucesso são alguns exemplos, mas você pode mandar outros.
  4. Caso você tenha preparado algo de adicional, como explicado no Passo 0, é a hora de utilizá-lo.
  5. Faça uma evocação pessoal a Entidade Divina mais pura que consiga conceber e que faça parte de seu paradigma, pedindo a proteção dos manifestantes, e também proteção para você. Medite por alguns instantes sobre esse pedido. É importante que você coloque fortes e genuínas emoções (ou o mais próximo que conseguir) nisso. Quando sentir que já é o suficiente, passe para o encerramento do ritual.

Passo 3 – Desligamento e encerramento

  1. Comece voltando à consciência normal, prestando atenção nos seus pés, acordando-os. Sequencialmente, vá acordando aos poucos cada parte do corpo, até chegar à cabeça.
  2. Se for da sua preferência, realize o ritual de banimento que mais lhe servir. Levante-se, e tenha um ótimo dia!
Autor: anônimo

Ritual Menor do Pentagrama – Completo e Detalhado

Traduzido por Andreas Noleto

As instruções reais para fazer o próximo ritual que você aprenderá, o Ritual Menor do Pentagrama, serão dadas adiante. Agora, neste ponto, há provavelmente alguns de vocês lendo isso e pensando: “Mas eu aprendi esse ritual anos atrás! Alem disso, é tão simples!”. Bem, se você acha que é simples você nunca fez corretamente e com pleno conhecimento do ritual. É um ritual básico, mas não é simples. É curto e fácil de memorizar, mas não simples.

De acordo com meu dicionário, a palavra “básico” significa “algo que forma uma base, como um ingrediente básico, algo que é fundamental”. Eu não posso estimar a natureza fundamental desse ritual e como sua prática vai mudar a sua vida e melhorar suas habilidades psíquicas e mágicas. Eu o tenho feito pelo menos uma vez por dia por quase dez anos, e não tenho vontade de parar. É um ritual curto e básico que é necessário para o seu desenvolvimento como um verdadeiro Mago Cerimonial.

Há três razões para fazer este ritual. A mais importante, ainda que mais etérea, é conhecer a si mesmo. Você vai saber se você tem a força de vontade para manter a pratica de um ritual desse tipo em uma base diária. Você irá desenvolver um sentimento diferente sobre si mesmo e sua relação com os outros e com o mundo ao seu redor. Isso irá afetá-lo de muitas formas positivas, sutis.

Em segundo lugar, ele irá expandir a sua aura. Isso fará com que os outros gostem de você, te respeitem mais e venham até você por conforto. Você vai perceber que isso está acontecendo quando as pessoas começam a fazer perguntas como: “essa roupa é nova? você emagreceu? fez algo no cabelo?” mesmo que a roupa seja velha, seu cabelo seja o mesmo e que não tenha perdido uma grama. A maioria das pessoas pode detectar a aura inconscientemente e serão capazes de notar alguma mudança em você. Mas não vão saber que foi a aura que mudou, então eles tem que vir com algo que lhes é familiar, algo no plano físico como um corte de cabelo, roupas ou peso. Conforme sua aura se expande e ilumina, você também vai notar que está tornando-se mais forte espiritualmente e psicologicamente do que jamais esteve antes.

Em terceiro lugar, esse ritual (RMP para abreviar) irá remover das imediações (banir) quaisquer influências indesejáveis. Isto inclui influências físicas e as não-físicas incluindo forças astrais e elementais. Esta é uma das maiores defesas contra ataque psíquico de todas. Quanto mais você praticar o RMP, mais seguro, e mais em paz você estará.

A atitude que você adota quando executa este ritual é importante. Pessoas que trabalham com computadores costumam dizer: “lixo entra, lixo sai”. De forma similar, você sairá do ritual com exatamente o que colocou nele. Vá para este ritual com raiva e você irá sair dele sentindo mais raiva. Você deveria assumir uma postura de beleza e júbilo. Realizar alguma pratica de relaxamento imediatamente antes do RMP vai ajudá-lo a alcançar o estado de consciência desejado.

Você deve ser muito positivo; seguro de que quando você chamar os Arcanjos eles estarão lá, certo de que os pentagramas estão realmente lá, confiante de que está fazendo no máximo empenho possível para você.

No entanto, você não deve ter “ânsia de resultado”. Concentre-se no ritual, não no que você espera que seja o resultado do ritual. Se você executar o ritual com total concentração, você será bem sucedido. Se você se concentrar em outra coisa, como o que você espera experienciar ou o que você espera como resultado do ritual, você estará dividindo suas energias e o ritual vai diminuir em sua eficácia.

Quando você executa o ritual, você precisa entender que você não está mais em sua casa ou apartamento. Nem está apenas ao ar livre. Em vez disso, você está no Templo dos Deuses. Você também está na presença da Divindade. Onde quer que esteja, quando você faz este ritual a área se torna um lugar sagrado. Você deve tratá-lo como tal. Continue lendo “Ritual Menor do Pentagrama – Completo e Detalhado”

Quando a Força de Vontade é atropelada por Maus Hábitos

“A Consência sussura, mas interesses gritam alto.” ~J. Petit-Senn

Você já se preparou para iniciar um novo hábito ou objetivo, mas encontrou sua força de vontade falhando?

Muitos novos empreendimentos são frustrados pelo hábito de checar e-mails pela manhã. Por exemplo – queremos exercitar (caminhar ou correr) ou escrever ou meditar, mas não podemos resistir verificar e-mail por apenas um minuto… e então nos perdemos, descendo o buraco do coelho.

Como podemos construir a força de vontade para vencer estes maus hábitos?

Leitora Shanna Mann escreveu recentemente:

“Adoraria saber como superar força de vontade sendo isto a palavra final no estabelecimento de metas :). Eu estava fazendo páginas matinais esta manhã, e apesar de apreciar a tarefa, valorizando a clareza que ela traz, e ser capaz quantificavelmente de medir o quanto mais produtiva elas me fazem, acho tão difícil escrevê-las em vez de checar meus e-mails na primeira coisa na parte da manhã.
O que diabos eu estou errando aqui? “

Shanna, é claro, está falando sobre a sugestão de Julia Cameron de escrever três páginas a mão num fluxo livre da consciência, todas as manhãs, não importando sobre o que escrever, antes de fazer qualquer outra coisa. Eu estou meio que fazendo isso agora, enquanto escrevo este post.

É um belo hábito. Mas Shanna é desarmada pelo desejo de verificar primeiramente os e-mails todos os dias. Ela está carente de força de vontade para alcançar seus objetivos?

Em uma palavra: não. Continue lendo “Quando a Força de Vontade é atropelada por Maus Hábitos”

Sobre o fazer

“Os bons magistas, feiticeiros, xamãs, monges, sacerdotes e iluminados tem muito mais o que fazer do que ficar papeando em internet. Trabalho sempre tem, falta é quem queira  trabalhar. As pessoas mais iluminadas que eu conheço são super na delas e trabalham pra caramba, todo dia tem o que fazer, e quem trabalha, por si mesmo e pelo outros, não tem tanto tempo de ficar nesse meio “espiritual-esotérico-mágico” de gente que sabe de tudo, fala mais do que escuta, e não sabe lidar com a mínima perturbação espiritual real na prática. Como provavelmente diria Crowley, evite essas pessoas como se elas fossem leprosas. Gente assim mais atrapalha a jornada espiritual alheia do que ajuda, eles projetam os medos deles, se eles não conseguiram fazer (como não conseguem quase nada mesmo) eles te dizem pra ter cuidado, é perigoso, não faça isso, etc. Quem quer crescer de verdade, precisa parar de assuntar com esse tipo de gente, e procurar se aproximar de gente que leva isso à sério mesmo, gente que está decidida à se iluminar, e que tenha algo a acrescentar e à incentivar, e não a amedrontar e confundir. Essa gente ainda não se tocou da real, da imensidão cósmica, eles podem até ter lido muito sobre isso, mas enquanto não tiverem experiência real com o astral superior, vão continuar ocupando seus dias em pequenices e fanfarronices, ao invés de dedicarem esforço real pela evolução de suas almas. Nego não tem a mínima noção de que os pequenos prazeres desse mundo não são nada se comparados com os primores das esferas superiores, se soubessem parariam de falar e começariam a trabalhar pra sair da lama… Mas tipo, sempre foi assim né, não há tanto o que fazer por eles além de cuidar de si mesmo e ser um bom exemplo.” – Noleto, Andreas

A personalidade mágica e a prática.

Você dorme mal, acorda cedo, trabalha muito, se desgasta, come porcarias com pressa, navega na internet sem rumo, sem foco e sem atenção, chega em casa acabado e o Frater Prophecy quer que você acorde as 4 horas da manhã para rezar ? E o Marcelo Del Debbio quer que você fique fazendo exercícios de visualização ?

Como superar a inércia ? Como travar esse combate com a preguiça física, mental e espiritual ?

Existem várias formas, mas poucas tão eficazes e eficientes como uma personalidade mágica.

Uma personalidade mágica basicamente é um personagem criado por você para realizar as tarefas que o seu Eu comum seria incapaz de realizar.

O mundo como se encontra hoje parece ser desenhado para dificultar seu trabalho espiritual e mágico impedindo o desenvolvimento das nossas práticas, seja antes (preparação), durante (realização) e depois (estudo).

Na prática funciona assim:

João chega em casa cansado e quer ver TV, mas comprometeu-se a realizar uma meditação de 10 minutos e anotar os resultados, para fazer isso ele precisa pelo menos tomar uma banho simples de limpeza e se alimentar de algo leve e saudável.

9 em cada 10 vezes João vai para a internet, e de lá para a cama.

Porque João faz isso ? Em uma próxima coluna abordaremos o conceito dos muitos “Eus” morando em cada um de nós, por ora basta dizer que João não conseguirá realizar seus rituais, porque João quer descansar do trabalho, fica pensando na conta que vai vencer, nos problemas na família e em todo tipo de poluição mental e emocional que o impede de dedicar 10 minutos para si mesmo.

João então pensa como seria bom se ele já fosse um mago sábio, diligente e poderoso. Então ele decide criar uma personalidade mágica, reúne qualidades que ele tem dentro de si mas que raramente usa, em conjunto ou separadamente, transcreve tudo isso e pensa num nome que lhe traga essa sensação de tudo que ele quer ser. Frater Hierofante.

No dia seguinte João chega cansando do trabalho e tem certeza que não vai conseguir realizar o ritual, então ele decide “invocar” o Frater Hierofante. Ele se sente meio esquisito e meio ridículo no começo, mas decide se esforçar para manter o padrão de pensamentos do Frater Hierofante, se ele era incapaz de tomar um bom banho antes, o Frater Hierofante agora toma um banho cheio de significados, imaginando que a água o limpa em vários níveis, físico, emocional e espiritual. Ele ingere uma fruta mas antes se concentra em dar alguma energia específica para a fruta. Como hoje será um trabalho de concentração ele vai comer um morango devidamente carregado de disciplina. Coloca suas roupas de Frater Hierofante e medita durante os 10 minutos, anotando todos os resultados em seu diário mágico.

Frater Hierofante deixa suas roupas e seu quarto e João pode surfar a vontade na internet com a sensação de trabalho bem feito.

Na magia do CAOS existe o conceito de “fake it, until you make it”, a ideia aqui é dissociar por alguns momentos a sua persona comum da sua persona mágica permitindo que você realize um trabalho bem feito, sem se preocupar com as frivolidades da sua vida profana.

É importante ter a consciência de que não basta escrever meia dúzia de palavras num papel, pensar num nome pomposo e achar que vai fazer as chamadas enochianas ainda hoje. A personalidade mágica é algo que precisa ser desenvolvido e cultivado com carinho e responsabilidade.

É como um Você melhorado, despido das justificativas do ego, tudo o que você tem de melhor, uma amalgama de todas as suas qualidade que despontam quando você fez aquele ritual com o coração, quando você teve aquela intuição, quando você superou um limite.

Praticamente uma incorporação de EU superior, e como incorporação deve ser treinada e levada a sério, não ao ponto de virar uma neurose de dupla personalidade mas um comprometimento consigo mesmo de não estragar essa coisa especial que você criou para si.

Comece com pequenos passos, não realize um ritual logo de primeira se você ainda não esta confiante, um banho ou uma refeição por exemplo, ainda que seja só uma ducha ou uma fruta.

Você pode assumi-la momentaneamente numa fila de banco para realizar um alinhamento de chakras ou uma respiração consciente, treinando-a e treinando você pouco a pouco para tirar melhor proveito dela.

Os desdobramentos da técnica são muitos mas todos com esses propósito: Realizar, Concretizar, Manifestar.

Eu espero que você faça bom proveito dessa técnica e caso tenha alguma dúvida ou queira compartilhar com os irmão suas experiências, é mais que bem vindo para utilizar o espaço dos comentários.

Agradecimentos especiais ao Frater Petrus Philateus e aos alunos do curso de Magia Prática de Julho no Templo AyaSofia.

Por Frater Alef

fonte: http://www.deldebbio.com.br/2012/08/06/a-personalidade-magica-e-a-pratica/

OM SRI GANESHAYA NAMAH

Ganesh, Removedor de obstáculos, seus principais simbolos e significados.

Lord Ganesha
Lord Ganesha

“Please do not offer my god a peanut.”-Apu

Lord Ganesha o Removedor de Obstaculos e Deus do Conhecimento

Ao olharmos a imagem de Ganesha, semideus hindu, devemos procurar compreender a simbologia que ele representa, ou seja, a evolução do homem no caminho da divindade. Os hindus foram os que mais desenvolveram a arte do simbolismo sem o qual as estórias se transformam em absurdos sem sentido.

Segundo o mito, Ganesha é filho de Shiva (representante na trindade divina da destruição e da regeneração) e foi gerado por Parvati (sua esposa) para que ele impedisse a entrada de qualquer um dentro de sua casa, sempre que Shiva se encontrasse em meditação no Himalaia. Como esses períodos de meditação duravam milênios, quando Shiva retornou, não foi reconhecido por Ganesha que não deixou que ele entrasse em casa. Continue lendo “OM SRI GANESHAYA NAMAH”