skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Mude!

Um amigo me passou esse ótimo balde de água fria em minha cara a alguns anos, quando imaturamente pensava que não havia mais nada a fazer. Reformulou meus conceitos e como outras coisas explodiu minha cabeça!!

E você? Que quê tá ai fazendo?? Que tal mudar um pouco as coisas???


O poema é de autoria do Edson Marques, a Camila Bossolan animou-o. Ambos estão de parabéns, sei q ela fez várias versões, mudando uma coisa aqui outra ali o minimo esperado hehehe, sendo até kibada em algum comercial de marca famosa sabe como é nada se faz nada se cria…, provavelmente perpetuando seu conhecimento através emails spam de powerpoint, e afins. Creio eu também sendo pioneira nesse tipo de apresentação(estando na minha lista pessoal ao lado do xiaoxiao).

Fica aqui registrado nessa cabala meu MUITO OBRIGADO!

This Post Has 9 Comments
  1. Depende do referencial. (como tudo na vida alias, depende de um referencial).

    A questão pode ser abordada de algumas maneiras diferentes vou citar 3 aqui:

    1-
    Acompanhado uma única vida ela parece absolutamente mutável e efemera, mas se pegamos o “humano” estão lá os mesmos problemas, dúvidas, vicios e virtudes.
    como explicar isso? Existe algum tipo de limite a mutabilidade individual definida pela espécie?

    2- Passemos ao problema de definição:
    Ai você me perguntou: Você é a mesma pessoa de ontem? mas pra ficar mais interessante: voce é a mesma pessoa que 5 anos atrás?

    Sim e não. Existem características minhas que acho são tão fundamentais que com certeza não mudaram e eu ouso dizer que dificilmente mudarão: meu humor, minha ironia por exemplo.

    Entretanto meus desejos mudaram muito: de desejos consumistas, sexuais, até mesmo acadêmicos.

    Existem também uma série de coisas que eu acredito não mudaram mas poderiam mudar: minhas crenças em sistemas mágicos, espirituais e etc.

    Então a questao é o que me define como pessoa? Aquilo que me é constante, aquilo que eu desejo ou aquilo que eu acredito?

    3-
    Uma pessoa acabou de aprender algo novo que antes lhe era desconhecido.. vamos dizer, alguem na escola acabou de aprender e entender o teorema de pitagoras.
    Essa pessoa é diferente da que era anteriormente ao novo aprendizado? E aqui, qualquer aprendizado pode ser colocado como exemplo.

    einsten deu a resposta dele:
    A mente que se abre a uma nova idéia, jamais volta a seu tamanho original

    O que você acha?

Deixe uma resposta

Back To Top