skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Olá Todos, 

Farei hoje um post fora da minha série habitual tendo em vista duas coisas que achei interessantes: o Post do duende-amigo “elogio dos idiotas” e uma “reportagem” que vi hoje, mas é de uns 3 dias atrás.

A reportagem eu achei péssima, mas de tão horrível, conseguiu me levar à algumas reflexões: Se a diferença entre o Idiota e o Sábio pode ser encontrada na percepção que se tem de sabedoria ou nos tipos de sabedoria que existem, proponho, alias Eu mesmo não proponho nada, sigo a indicação que a  a diferença entre o Genio e o Louco, reside em nossa sociedade, exclusivamente  no “sucesso” do primeiro.

A reportagem, cujo o link poderão encontrar no final deste post, tenta discutir a personalidade ou o caráter de Bernard Madoff. Para quem não sabe de quem eu estou falando, por favor, vamos ficar um pouquinho mais atenados ao mundo lá fora, sim?  Mas em todo caso, Madoff é simplesmente o caro que “sozinho” criou uma fraude de nada menos que 64,8 bilhoes de doláres (até o momento). 

Antes de descoberto seu segredo, ele era visto como um Gênio de Wall Street, Diretor (não-executivo) da NASDAQ,  além de membro de varias outras “boards” importantes do EUA.

Madoff talvez seja um daqueles casos de filme retratando o sonho americano: o homem que criou-se do nada e chegou no topo do mundo (talvez pudessem contratar Antonhy Hopkins para retrata-lo em sua fase final). 

Porém um dia a casa cai… e a casa do Madoff caiu levando consigo um bocado de instituições.  E eis que começaram os  elogios:  Um psicopata, Alguem que se achava um Deus. 

Mas o que realmente mudou entre o Gênio de Wall Street e o Psicopata-Egocêntrico da reportagem em questão? Talvez aqui novamente, a percepção da genialidade tenha sido alterada, de um Gênio de fundos de investimentos, passou a um Gênio criminoso – mas esse é um tipo que à sociedade não convém. 

Seria então a diferença entre o Sucesso estrondoso e Falhar miseravelmente, aquilo que separa Divindades de Meros Mortais?  

A lição que deixa a nós o Grande Mestre Madoff é simples, faça o que quiser fazer, mas tenha sucesso no que faz.

 

Reportagem sobre Madoff:

http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI3704633-EI13527,00-Madoff+ou+a+teia+de+aranha+de+Deus.html

Deixe uma resposta

Back To Top
Search