skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Votando Nulo

Outro excelente Post do Rev. Beraldo
concordo em gênero, numero e grau.

Se voltássemos ao ano de 2006, poderíamos acompanhar uma de minhas aulas no SENAI. Carteiras enfileiradas; janelas de ferro à esquerda que davam para o pátio, e uma grande janela de vidro à direita, transformando a sala num gigante aquário de alunos para quem quer que passasse nos corredores.

Era época de eleição, o assunto surgiu e o professor falava que nunca deveríamos ficar em cima do muro. Tínhamos, sempre, de tomar uma decisão, mesmo que não tivéssemos uma opinião formada sobre o assunto (se houvesse tal coisa como “opinião formada”, para começo de conversa, seríamos seres previsíveis — robôs, não seres humanos). Dizia que não deveríamos, portanto, votar nulo, ou branco, porque isso é se eximir de suas obrigações.

Novamente estamos em época de eleição. E eu, que agora sou obrigado a votar, continuo, inflexivelmente, a querer votar nulo.

Continue lendo

Vida de gado

Já dizia o poeta:

trabalhoQualquer semelhança é uma mera coincidência….

Continue lendo
Back To Top
Search