skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Como Começar a trabalhar com Os Quarenta Servos

Primeiros Passos

Antes de ler qualquer coisa sobre o que os Servos representam ou quais são seus poderes, passe algum tempo olhando suas imagens e veja quais são as idéias que brotam em sua mente. Deixe que sua mente relaxe e tente se libertar das noções preconcebidas que você possa ter sobre os nomes, rótulos ou arquétipos que os Servos representam. Apenas deixe-os falar através de suas imagens e depois anote todos os detalhes sobre os Servos que vêm à mente. Algumas pessoas relatam receber nomes especiais para cada Servo que são únicos para eles, enquanto outros acham que eles sentem que já conheciam alguns dos Servos em particular há anos. Este é um passo importante e muitas vezes leva a grandes idéias e entendimentos. Claro, se nada vem à mente também é perfeitamente normal. A experiência de todos será diferente.

Queimar a Caixa

Uma tendência apareceu logo depois que Os Quarenta Servos se tornarem públicos: as pessoas se sentiam obrigadas a queimar a caixa dos Quarenta Servos quando elas chegaram. As cartas são então colocadas em sua nova casa, como uma caixa de madeira, uma bolsa de pano ou similar. Este ato tornou-se tão popular, que senti que precisava mencioná-lo aqui. Eu deixarei para você decidir se esse ritual é para você ou não. Esse ritual é muito opcional.

Deixe que o The Saint apresente você ao outros Servos

O que se segue abaixo é o esboço do ritual de Iniciação para os Quarenta Servos usando o THE SAINT como um intermediário.

Este deve ser um dos primeiros rituais que você executa quando você começa a trabalhar com Os Quarenta Servos. Este ritual tem três fases.

Continue lendo

OM SRI GANESHAYA NAMAH

Lord Ganesha

Lord Ganesha

“Please do not offer my god a peanut.”-Apu

Lord Ganesha o Removedor de Obstaculos e Deus do Conhecimento

Ao olharmos a imagem de Ganesha, semideus hindu, devemos procurar compreender a simbologia que ele representa, ou seja, a evolução do homem no caminho da divindade. Os hindus foram os que mais desenvolveram a arte do simbolismo sem o qual as estórias se transformam em absurdos sem sentido.

Segundo o mito, Ganesha é filho de Shiva (representante na trindade divina da destruição e da regeneração) e foi gerado por Parvati (sua esposa) para que ele impedisse a entrada de qualquer um dentro de sua casa, sempre que Shiva se encontrasse em meditação no Himalaia. Como esses períodos de meditação duravam milênios, quando Shiva retornou, não foi reconhecido por Ganesha que não deixou que ele entrasse em casa.

Continue lendo
Back To Top
Search