skip to Main Content
duende@divagacoes.org
Pra Onde Os Magos Do Caos Vão Quando Morrem?

Pra onde os magos do caos vão quando morrem?

Uma amiga me fez essa pergunta recentemente. “Para onde vai o mago do caos quando morre?”. Minha resposta imediata foi: “Pra onde quiser. E não vai, se não quiser”. Mas logo em seguida percebi que a pergunta é bem mais complexa e exige uma resposta igualmente profunda. Além de ser uma oportunidade perfeita pra falar um pouco sobre “crença instrumental”, que é um dos principais fundamentos da Magia do Caos. Então decido esboçar algumas ideias acerca dessas questões.

O ponto de partida para a compreensão do papel que a Crença exerce na nossa realidade, é a percepção de que aquilo

Continue lendo

Mantendo um journal

O exercício de transformar em palavras reflexões sobre eventos que passou durante o dia a dia é uma maneira inestimável de mensurar sua performance, definir padrões elevados de excelência e encontrar novas formas que resolver problemas difíceis.

O que um journal pode fazer?

Muitas pessoas têm certa resistência a manter um journal porque eles pensam que não são escritores bons o suficiente, que alguém vai ler seus pensamentos mais profundos ou ainda que eles têm coisas mais importantes pra fazer.
Mas a menos que seja capaz de avaliar seus sentimentos e habilidades, e aceitar autocrítica, você provavelmente não vai se preocupar em diminuir suas fraquezas ou aumentar suas forças.
Invés de pensar que esse journal é o mesmo que um diário (um livro que você meramente relata seus eventos do dia), pense que é um local para autorreflexão, auto expressão e auto exploração NT (utilizo a palavra journal justamente por conta dessa diferenciação). Recontar os eventos do dia é menos relevante do que o ato de expressar seus pensamentos.
Apenas pensar sobre suas emoções já vai permitir que dê forma a elas.

Benefícios de manter um journal.
Continue lendo

A personalidade mágica e a prática.

Você dorme mal, acorda cedo, trabalha muito, se desgasta, come porcarias com pressa, navega na internet sem rumo, sem foco e sem atenção, chega em casa acabado e o Frater Prophecy quer que você acorde as 4 horas da manhã…

Continue lendo

II Simpósio Brasileiro de Hermetismo

O II Simpósio Brasileiro de Hermetismo e Ciências Ocultas, que será realizado nos dias 23, 24 e 25 de junho de 2011(corre ainda dá pra garantir sua vaga), tem por objetivo trazer estudos mais aprofundados à Ciência Hermética. Com apoio da Associação Educacional Sirius-Gaia e do Projeto Mayhem, o evento tem como tema geral a discussão sobre as práticas ocultistas.

A Programação deste ano será composta de Palestras e Workshops com alguns dos mais importantes estudiosos de Hermetismo, Ordens Iniciáticas e Magia no Brasil.

PROGRAMAÇÃO:

Continue lendo

I Simpósio Brasileiro de Hermetismo

Simpósio HermetismoDias 14 e 15 de Novembro acontece em São Paulo o Primeiro Simpósio dedicado ao estudo das Ciências Herméticas. Coordenado pelo Projeto Mayhem e a Fundação Sirius-Gaia, este provavelmente será o melhor evento de debates e estudos de 2010. Entre os palestrantes estão o Acid (autor do site Saindo da Matrix), o Frater Goya (do Círculo Iniciático de Hermes), Frater Ael ( Collegium ad Lux et Nox – CALEN), Fernando Maiorino (Umbanda Iniciática), Edmundo Pellizari (Palas Athenas), Carlos Basílio Conte (Teosofia, Secretaria de Cultura do Grande Oriente de São Paulo – GOSP), Antônio Lawand (Ordens de Aperfeiçoamento Maçônico, Sênior Demolay), Patrícia Fox (Sagrado Feminino), Ionne Cirilo (Xamã), Cynthia Carpigiani (vetfloral) e Marcelo Del Debbio (Teoria da Conspiração).

Além das Palestras, o pessoal ficará todo no mesmo hotel, ou seja, teremos também todo o tempo de almoços e jantares para debatermos e conversarmos a respeito de ocultismo, alquimia e hermetismo.

Programação:

Continue lendo

Realidade ou Ficção?

Se a vida é ilusão para o hinduísmo, para o budismo, e desta forma os mestres herméticos o afirmam, o que será então a realidade? E, igualmente, o que será esta ficção? Se o homem é estrangeiro nesta terra, e como tal vive ao começar um trabalho interno alheio aos outros, qual é o critério de “verdade” ou “mentira”? Que soleira sutil se transpassa entre uma forma de ver e a outra? Pois, embora o que se considere mais estranho no homem contemporâneo (do qual somos ainda parte) é sua maneira de se aferrar e se identificar com as coisas, aqueles que se permitem esta atitude interna ou extraterrestre são considerados igualmente estranhos para o meio. Ao se abrir uma porta e dar um passo à frente, as coisas estarão banhadas de uma outra luz e de um outro conteúdo. Se fecharmos essa porta e dermos um passo para trás, essas mesmas coisas aparecerão familiares em seu nível rasante e cotidiano. Realidade ou ficção?

Continue lendo
Back To Top
Search