skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Conto Zen: Apego

Um dia morreu o guardião de um mosteiro Zen. Para decidir quem seria a nova sentinela, o mestre convocou os discípulos e disse:

O primeiro que conseguir resolver o problema que eu vou apresentar assumirá o posto.

Então, numa mesa que estava no centro da sala, colocou um vaso de porcelana muito raro, com uma rosa amarela de extraordinária beleza. E disse apenas:

Continue lendo
Back To Top
Search