skip to Main Content
duende@divagacoes.org

Aloha!

Hoje plutão está retrogrado, deprimido pelo seu status adquirido ter sido roubado, tomando todas na casa 5, e sob este signo astrológico consideremos hoje algumas questões a respeito de nossas ações e conseqüências.

Existe uma lenda no meio místico, fundada talvez num pensamento newtoniano, intensamente aplicada e exaustivamente repetida: O que você faz volta para você. (as vezes, numa matemática insana, vezes 3).

 

Para simplificar aos amigos que necessitam de uma ajuda visual, o universo de alguns magistas é estruturado na seguinte forma:


domino-circle

Círculo Druídico Dominótico

 

Da forma em que, como podemos ver, a ação do dominó 56, que consideraremos o safado que começou com a brincadeira, ao cair derrubará seus amigunhos, e por fim receberá a queda do 32 nele.


E assim vai a vida das pessoas, acreditando não só que existem “o bem” e o “mau”, mas também que uma “boa ação” retornará necessariamente em algo “bom” e assim por diante.

Talvez, no Planeta Prozac, isso seja algo bem verdadeiro, porém talvez exista uma outra estruturação cosmológica.

E se nosso universo não fosse linear? Se nossas ações possuíssem a curto-médio-longo prazo, consequências das quais escapam nossas intenções e vontades?


Vejamos o mundo de outra forma:

 

 Teia digital

Teia Digital


Pois bem, pensemos agora na ação do traquinas dominó 56, percebam nas linhas, que as ações dele ainda têm conseqüências sobre seus amigos, mas de uma forma muito diferente do que um simples toma lá da cá. Sabe se lá como todas as peças vão reagir a um movimento, por onde começará, e qual organização as outras tomarão.

Consta nos altos registros akáshicos que Santa Rita durão ficou insana sob essa representação do mundo e das forças caóticas que o regem. Eu particularmente acredito que ela pegou raiva do cachorro que mordeu a mão dela enquanto ela o alimentava.

Vacinem seus animais.

Fui.

 

Deixe uma resposta

Back To Top
Search