skip to Main Content
duende@divagacoes.org

O exercício de transformar em palavras reflexões sobre eventos que passou durante o dia a dia é uma maneira inestimável de mensurar sua performance, definir padrões elevados de excelência e encontrar novas formas que resolver problemas difíceis.

O que um journal pode fazer?

Muitas pessoas têm certa resistência a manter um journal porque eles pensam que não são escritores bons o suficiente, que alguém vai ler seus pensamentos mais profundos ou ainda que eles têm coisas mais importantes pra fazer.
Mas a menos que seja capaz de avaliar seus sentimentos e habilidades, e aceitar autocrítica, você provavelmente não vai se preocupar em diminuir suas fraquezas ou aumentar suas forças.
Invés de pensar que esse journal é o mesmo que um diário (um livro que você meramente relata seus eventos do dia), pense que é um local para autorreflexão, auto expressão e auto exploração NT (utilizo a palavra journal justamente por conta dessa diferenciação). Recontar os eventos do dia é menos relevante do que o ato de expressar seus pensamentos.
Apenas pensar sobre suas emoções já vai permitir que dê forma a elas.

Benefícios de manter um journal.

  • Auto expressão: Num journal você pode se expressar da forma que sente em forma que seria muito mais difícil faze-lo em casa ou no trabalho.
  • Redução de stress: Expressar sua raiva na escrita liberta a pressão emocional que cresce em você quando prende os sentimentos internamente. Muitas pessoas dizem que se sentem muito mais calmas e espiritualmente confortáveis logo após extravasar os sentimentos no journal.
  • Relacionamentos mais fortes: Escrever sobre pessoas que você conhece ajuda a entender elas melhor e coloca você em contato com seus sentimentos em relação a elas. Quanto você está furioso(a) com alguém próximo a você, descarregar essa carga emocional crua na privacidade que as páginas oferecem permite a você elaborar soluções antecipadamente em vez de estar cara a cara com uma explosão irracional.
  • Melhora das habilidades de organização: Ao criar um hábito regular da escrita você automaticamente desenvolve fortes habilidades de organização, tais como: Elaboração de listas e gerenciamento de tempo. Necessidades e objetivos também são mais simples de esclarecer e priorizar uma vez que estão escritos.
Regras para a pratica de Journaling

Manter um journal é a primeira e mais importante tarefa no exercício de liberdade criativa.
Algumas pessoas são inspiradas por um elegante caderno com capa dura e papel nobre, enquanto outras se sentem mais confortáveis deixando as letras correrem em folhas soltas que podem ser unidas num fichário, outros preferem gravar seus pensamentos numa forma digital.
Você pode programar 30 minutos com seu journal na mesma hora toda noite ou apenas pegar na caneta quando estiver na vibe.

Maneiras simples de começar:
Para se sentir na vibe: Feche seus olhos, respire profundamente 5 vezes. Isto foca sua visão interior, limpa espaço em sua mente, facilita a transição da realidade do dia a dia para um modo mais contemplativo. Se pergunte: “O que estou sentindo no momento?” NT:(Imagina que é uma rede social, mas somente para seus eus do futuro verem)

Escreva algumas linhas para resumir os pontos altos e baixos do seu dia: Este exercício é equivalente a fazer alongamentos antes de exercícios físicos ou tocar escalas antes de tocar o piano.

O que pôr no Journal?

Mesmo escritores experientes tem bloqueios de escrita. Para não ser desencorajado lembre-se existem inúmeras formas de se expressar pela escrita, minhas técnicas favoritas são:

  • Utilize umas “propostas de escrita” (NT:Writing prompts) para focar sua atenção: Escolha um tópico, frase questão ou citação e comece a escrever sobre isso.
    Exemplo: “Por que estou me sentindo tão nervoso(a)?” “O que eu mais quero da minha vida é…” “Qual é a coisa mais importante que preciso fazer amanhã?”
    A técnica do “propostas de escrita” é apenas um meio de vencer a barreira do bloqueio de escrita. Uma vez que sua escrita e pensamento se tornarem fluídos, concentre em expressar como se se sente sobre pessoas ou experiências.
  • Escrever uma carta não enviada: Acredite que está escrevendo uma carta para alguém descrevendo o que você gosta (ou desgosta) sobre ele/ela. A segurança do seu journal traz torna possível escrever coisas que nunca diria pessoalmente.
    Este processo provoca uma catarse, você pode soltar sentimentos hostis que são doloridos demais para serem guardados e que poderiam arruinar uma relação se fossem expressos em voz alta.
    A carta não enviada clarifica seus sentimentos, particularmente pensamentos que são muito complexos. Oferece uma oportunidade de resolver negócios inacabados permitindo dizer a verdade para alguém sem de fato dizer pessoalmente.
  • Criar diálogos: Outra forma de expressar sentimentos profundos é escrever sobre seus sentimentos imaginando eles sendo ditos por outra pessoa.
    Dialogar promove 2 capacidades: empatia e criatividade. A maior parte das pessoas fazem descobertas surpresas ou até mesmo excitantes quando deixar sua imaginação vagar dessa forma.
  • Enquadrar momentos de alegria: Escrever uma descrição ou experiência que foi realmente intensa e memorável. Mergulhar nessa lembrança, preencher a página com detalhes físicos e emocionais.
    Fazendo isso recria sua resposta biológica para um evento adorável. Promove os efeitos restauradores de estar feliz. Maior parte das pessoas dizem que se sentem refrescados e energizadas depois de escrever seus momentos favoritos.
  • Explore caminhos não tomados em sua vida: Imagine que você realmente casou-se com aquele amor da sua infância ou aceitou um trabalho em outro continente ou fez uma universidade de arte. Escreva daquela perspectiva. Como estaria sua vida agora? Está técnica é uma ferramenta extremamente poderosa para desenvolver habilidades de tomada de decisão sobre seu futuro.
    Imagine-se 1 mês a partir de hoje, e um ano a partir de hoje: Onde você está agora? Onde você deseja estar? Qual é o tipo de coisas que pode fazer para chegar lá? Escreva tudo, como uma confissão para si mesmo(a). As palavras despertam sua sabedoria intuitiva e criativa, o que, de certo modo, lhe ajudará a fazer melhores decisões.
  • Crie uma lista de tópicos do dia: Numa folha de papel liste os números 1 a 31, próximo de cada número insira um tópico de interesse profissional ou pessoal, tais como: saúde, velhas amizades, frustações, sucessos, contas recebíveis, novos relacionamentos e objetivos.
    Então, cada dia do mês use o tópico respectivo como uma proposta de escrita para seus pensamentos. Este processo vai lembra-lo(a) de monitorar regularmente as áreas importantes da sua vida.

Seu journal lhe deixará ciente de como a vida e os sonhos mudam… e como alguns permanecem os mesmos… e o melhor de tudo é que te ensina como pensar claramente sobre tudo que você faz.

fonte:
http://journaltherapy.com/wp-content/uploads/2015/04/Article-KA-Journal-Keeping.pdf

Deixe uma resposta

Back To Top
Search